Logística própria ou terceirizada? Motivos e critérios para a decisão

Apesar da tendência atual para terceirização das atividades logísticas, verificamos muitas situações nas quais o processo foi mal conduzido, os resultados positivos demoraram a serem obtidos ou redundaram num verdadeiro fracasso.
Com o forte aumento da competitividade, a terceirização passa a envolver uma grande gama de atividades logísticas, além do transporte rodoviário de cargas que inicialmente era a função mais terceirizada.
Para desenvolver um processo de terceirização recomendamos a utilização das seguintes dicas:

1. Motivos para terceirizar – como a terceirização não é um caminho obrigatório temos que avaliar os motivos para a decisão:

2. A empresa está preparada?  O processo não deve ser iniciado sem que os responsáveis pela empresa estejam realmente preparados para a mudança:

3. Definição dos objetivos – existem muitos motivos que levam à terceirização, porém as empresas devem definir claramente:

4. Os preparativos – após avaliar os motivos, os questionamentos internos e os objetivos, a empresa deve se preparar para o inicio efetivo do processo de terceirização:

5. Caracterização da empresa contratante – é importante que o prestador de serviços tenha todas as informações sobre o contratante e as atividades a executar:

6. Pré-qualificação – após a empresa ter decidido e se preparado, tem início a fase externa da terceirização:

7. Concorrência – é o início da fase de seleção, com as seguintes atividades:

8. Avaliação e seleção final – esta fase é crítica para o sucesso da terceirização:

9. Contrato, o início e o fim – é um documento que além dos aspectos legais deve conter algumas premissas sobre o conteúdo técnico:

10. Sucesso ou fracasso da terceirização – depende do acompanhamento da operação:

Conclusão

Contrato Assinado, não se iluda: o “jogo” apenas começou.

 

Para mais detalhes veja o livro “Atualidades na Logística - Volume I”, editado pelo IMAM (o capítulo 7 trata deste tema).

2010

Antonio Carlos da Silva Rezende
Gerente da IMAM Consultoria. É autor de diversos livros e instrutor de cursos relacionados à área de logística.
www.imam.com.br

Esta página é parte integrante do www.guiadelogistica.com.br ou www.guialog.com.br .