Reinvente seu negócio através da web

"Faça três coisas por ano que farão uma diferença no seu negócio. Descubra quais são elas e as persiga"
Tom Laco - ex-vice presidente executivo, Procter & Gamble Company

Em 1956, um tal de Thomaz Watson Jr., presidente da IBM disparou a seguinte colocação "Acho que existe um mercado mundial para, talvez, cinco computadores". Um clássico exemplo histórico da falta de visão empresarial. Mas ele não foi o único a duvidar da tecnologia. Darryl Zanuck, presidente da 20th Century Fox, em 1946 disse: "A televisão não se aguentará em nenhum mercado por mais de seis meses. As pessoas logo se cansarão de ficar olhando para uma caixa de madeira". Porém, a previsão mais míope e bombástica partiu exatamente do Chefe do Departamento de Patentes dos EUA, Charles Duell, em pleno 1899 afirmou: "Já inventaram tudo o que podia ser inventado" !!!
Citei estes exemplos para provocar em você insights sobre procedimentos e atitudes empresariais que possam estar sendo executadas de forma míope. Hoje vivemos na era da Tecnologia. E pronto! Isto é um fato!!! Não há mais cartas, há e-mails. Não há mais portifólios encadernados, há sites. Não há mais distâncias, tudo está próximo.
E a sua empresa, se preparou para se expor no mercado de forma estratégica e precisa? Seu site é do tipo "Quem Somos", "Nossos Serviços", "Contate-nos" ??? Tsc tsc tsc... Ele é acessado por clientes e fornecedores periodicamente como referência dos seus negócios? Se as suas respostas não condizem à realidade trate de fazer um "tratamento de choque" nesse setor.
Existem hoje, segundo estimativas, mais de 10 bilhões de páginas na Internet. Tomemos como exemplo o Google, o maior buscador de sites do país e do mundo, que contêm em torno de 4,3 bilhões de páginas. Você acharia impossível aparecer, em uma procura pelos seus serviços, na primeira página, em primeiro lugar? Pois eu te afirmo que tanto é possível que as empresas que ultrapassaram o conceito de "ter um site" para "fazer negócios via web" conseguiram. O webmarketing, quando bem aplicado, é certeiro para que sua empresa tenha alta exposição e alto índice de recall.
O assunto é tão sério e tratado como uma das principais tendências em todos os segmentos que, além dos US$ 105 milhões que o Google registrou de lucro em 2003, ainda investiu parte do seu caixa, US$ 56 bilhões, em uma nova versão de seu buscador, prometida para este ano. E você com seu site achando que a Rede de Negócios tão sonhada por sua empresa não pode ser executada via web. É pura falta de visão.
Um site bem estruturado, com Gestão de Webmarketing, exposição nos sites de busca, atualização periódica com notícias sobre sua empresa e o seu segmento, propicia uma Comunidade de Negócios Virtual com fornecedores, clientes, prospects e parceiros e pode funcionar tão bem ou melhor que todo seu departamento comercial. Expor sua empresa e fazê-la ser visitada através de um sistema de newsletters direcionado, vale tanto quanto dezenas de visitas que seu comercial faz semanalmente. Não que substitua, mas complementa.
É preciso ser visto para ser lembrado, seja presencialmente, seja virtualmente. O peso é o mesmo.
O seu website pode ser uma ferramenta valiosa na construção de relacionamentos empresariais e comerciais, desde que bem elaborado e divulgado. O futuro é este. Não há o que discutir. O conceito de que o site da empresa é apenas um cartão de visitas já está, há muito, ultrapassado.
Reflita. Aja. Reinvente.
Não perca mais oportunidades comerciais dessa grande fatia do bolo dos negócios que é a web.

junho/2004

Maurício Fernando Guedes,
Consultor de Gestão de WebMarketing e Marketing de Relacionamento Empresarial.

Diretor da Dialethos Comunicação Corporativa.
www.dialethos.com.br     fernandoguedes@dialethos.com.br


Esta página é parte integrante do www.guiadelogistica.com.br .