Armazenagem Virtual

Uma iniciativa para facilitar as importações dentro da Europa, trazendo a teoria de um mercado único próxima da realidade, simplificando o processo como um todo, conduzindo a importação dentro da Europa para um fluxo centralizado a partir de um acordo com as autoridades aduaneiras. Esta ação irá cortar despesas e atrasos, além de eliminar algumas anomalias e icertezas que existem na forma pela qual diferentes países impõem as taxas para certos itens. De uma forma geral, isto irá fazer com que o processo de importação/exportação torne-se mais rápido e barato.

COMO FUNCIONA
Os produtos são expedidos diretamente para cada país; do fabricante, distribuidor (ponto de distribuição) ou conforme a necessidade do cliente. As informações sobre os produtos são enviadas para um escritório central designado, através de técnicas de EDI. Os pontos de consumo oficiais da aduana são capazes de verificar as informações sobre os produtos e passá-los adiante.
Não existe espera do produto, enquanto os documentos estão sendo processados. O pagamento dos impostos é feito à autoridade aduaneira do país no qual o escritório central está localizado. Esta autoridade aduaneira irá aportar estes pagamentos às outras Nações (países) conforme definido.
O sucesso da Armazenagem Virtual está baseado nos sistemas de gestão empresariais, os quais são capazes de, automaticamente, manusear pedidos e entregar em regime multi-lingual e de acordo com o sistema monetário Europeu.
Este sistema de informações irá, além de propiciar a visibilidade dos estoques, gerir toda a malha de distribuição, sendo o armazém virtual, fora da empresa, geralmente chamado de "empresa virtual ou estendida". Através de regras de fornecimento especificadas pelo cliente, o sistema poderá encontrar o estoque em qualquer lugar na malha de distribuição ou, então, emitir o pedido nos fabricantes, fornecendo o tempo de suprimento de acordo com o nível de serviço esperado pelo cliente. O próximo passo deverá ser uma solução global, talvez a partir de uma Organização Mundial de Aduanas.

MOVIMENTAÇÃO DOS ESTOQUES
Imagine uma empresa com diversos pontos de vendas servindo ao seu próprio país. Os operadores em cada ponto de vendas não tendo que saber de onde os estoques vêem. Isto será movimentado por um sistema de suprimentos e regras de tempo de espera dependentes de cada país e das necessidades do cliente.
O estoque poderá ir tanto para o cliente quanto para uma área de atendimento central ou para um ponto nacional individual, permitindo o máximo em flexibilidade, bem como em eficiência.

Luiz Roberto Palma da Fonseca,
Consultor da IMAM Consultoria Ltda., de São Paulo.
Tel. (0--11) 5575 1400  

imam@imam.com.br   www.imam.com.br

Esta página é parte integrante do www.guiadelogistica.com.br .