Estruturar uma Equipe de Logística requer Cuidados

A dinâmica da competição global, as rápidas mudanças de tecnologia e até mesmo a evidência do assunto está forçando empresas a melhorarem a operação logística, tornando-a mais flexível, compatível com as exigências do mercado. Quanto a isto não existe polêmica. A flexibilidade, aliada à escolha da estratégia adequada e ao gerenciamento operacional, determina o desempenho logístico de "Classe Mundial". As divergências começam quando chega o momento de estruturar uma equipe ou a área de logística. É neste instante que a visão, os conceitos e as informações são fundamentais para a tomada de decisão. Caso contrário, ela irá basear-se em fatos isolados ou suposições.
As dúvidas surgem devido à grande variedade de opções que podem ser adotadas, independentemente do tamanho ou mercado de atuação da empresa. O principal ponto para organizar a logística é conseguir perceber claramente qual a alternativa que traria os maiores ganhos.
Em uma das pesquisas realizadas pela IMAM, 29% das empresas responderam que possuem uma área de logística, enquanto que 47% afirmaram que a área existe, porém não está formalizada. Fica evidente a tendência de estruturar uma equipe, terceirizada ou não, para garantir a maximização da utilização dos recursos alocados às operações. Entretanto, apenas a consciência da importância do tema não garante o sucesso.
Um dos maiores obstáculos é encontrar profissionais qualificados e, além disso, colocá-los no lugar certo. Como já está percebendo no mercado, a abertura de novas oportunidades nas atividades logísticas estão trazendo para este campo uma série de pessoas que agora se dizem do ramo. Ou então, muitas vezes encontramos bons profissionais executando funções inadequadas para o seu perfil. Este equívoco ocorre pela falta de distinção, por parte dos executivos, entre equipes de gerenciamento operacional, equipes de pesquisa e desenvolvimento e equipes de implementação de melhorias no processo. As equipes podem e devem trabalhar integradas, entretanto, as atribuições e os objetivos precisam ser periodicamente definidos para propiciar um perfeito entrosamento.
Em relação à terceirização, são diversas as alternativas para empresas que não desejam verticalizar a equipe. Por exemplo, já existem companhias nos Estados Unidos que fornecem "Portable Executives" (executivos temporários) para trabalharem por um período determinado. Ou seja, contrata-se o profissional quando necessário e acordam-se claramente os objetivos. Eles têm a missão de projetar e fazer as coisas acontecerem. Esta é uma forma de garantir o valor agregado e melhorar a relação custo/benefício.
A definição de logística integrada traz o conceito de enxergar a logística como um processo, e não como uma somatória de atividades isoladas em vários departamentos. Esta visão diferenciada facilita a escolha da melhor estrutura para cada organização. Assim, consegue-se reestruturar o organograma de forma que seja garantida a derrubada das barreiras interdepartamentais que é causa evidente da lentidão no fluxo de materiais e informações. Na maioria dos casos, ter o conceito correto propicia uma menor margem de erros.
No futuro próximo, a competição não estará restrita apenas entre sua empresa e seus concorrentes, e sim entre as cadeias de suprimento. Serão muito importantes as relações com os fornecedores e os clientes, para reduzir os custos da cadeia, aumentando a competitividade. Portanto, as decisões não podem se basear somente nas ações dos concorrentes. Existem muitas alternativas diferentes e, dependendo do caso, nem sempre o que o seu vizinho faz é melhor para a sua realidade. É preciso ter enfoque sistêmico em todas as situações.
Sendo assim, os vencedores serão aqueles que se conscientizarem do ambiente em que se encontram e vizualizarem os objetivos para os próximos anos. Desta forma, conseguirão estabelecer parâmetros corretos para a tomada de decisão em relação à equipe de logística, que muitas vezes não é tão óbvia quanto parece.

Sidney Francisco Trama Rago,
Consultor da IMAM Consultoria Ltda., de São Paulo.
Tel. (0--11) 5575 1400   imam@imam.com.br

Esta página é parte integrante do www.guiadelogistica.com.br .