Os 6 conhecimentos funcionais do Executivo Internacional de Sucesso

Muito se discute no perfil que o novo gestor necessita ter para atuar no cenário internacional cada vez mais competitivo. Além de competências pessoais, emocionais,  sociais e atributos de perseverança, agilidade e dinamismo, o gestor internacional requer uma sólida formação em atividades operacionais que devem ser utilizadas de forma estratégica.

As 6 áreas de conhecimento que fortalecem o executivo internacional são:
 

1 – Economia Internacional
2 – Sistemática de Comércio Exterior
3 – Logística Internacional
4 – Câmbio
5 – Marketing Internacional
6 – Negociação

A economia internacional é uma das principais ciências que o gestor internacional deverá conhecer. Acompanhar indicadores econômicos e, sobretudo interpretá-los, facilita a vida do gestor para que caminhe firme na seara global, desmistificando conjunturas, acompanhando ondas de recessão / crescimento e visualizando novas oportunidades que são constantemente apontadas pela economia.

Quanto a Sistemática do Comércio Exterior, esta se reveste de importância, pois é na verdade o cotidiano dos negócios internacionais. Conhecer as documentações pertinentes, o processo de compra e venda internacional e as restrições mercadológicas fazem deste conhecimento uma das ferramentas vitais à gestão das exportações e importações.
A logística internacional é na verdade todo o sistema de transportes, distribuição, armazenagem, etc. Por diversos anos, o estudo da logística internacional limitou-se ao estudo das alternativas de transportes e suas características. Porém, o novo gestor internacional deverá dominar esta ferramenta e utiliza-la de forma adquirindo vantagens competitivas, buscando a diferenciação e redução de custos para que os bens e serviços cheguem ao destino com maior rapidez e nível de serviço adequado.
O câmbio é um conhecimento essencial as operações internacionais. O domínio desta ferramenta esta atrelada a economia internacional. Porém conhecer os tipos de financiamentos disponíveis para exportações e importações e antecipar as oscilações cambiais é preponderante para que o executivo tenha sucesso neste cenário global. Portanto é mister o gestor internacional acompanhar o comportamento das moedas mais importantes em seus respectivos países, ou seja, verificar diariamente a relação entre dólar americano, Euro e Ien e suas respectivas flutuações.
Marketing Internacional é também uma área de conhecimento imprescindível para empresas internacionais. Conhecer as necessidades e desejos dos consumidores é um grande desafio na Aldeia Global. Comportamentos de consumos diferenciados, assim como aspectos culturais referentes a idiomas, hábitos, cores e canais de consumo são algumas das barreiras mercadológicas que deverão ser ultrapassadas.
O Sexto conhecimento é na verdade o menos técnico, mas também requer muita prática e experiência no cenário internacional. A negociação requer planejamento, respeito a outras culturas e habilidades fundamentais como dominar idiomas, profundo conhecimento cultural e vivência internacional. Para que desta forma possa criar um ambiente de continuidade nas operações mantendo a transparência e resultados.

novembro/2003

Luiz Augusto Silva
Doutorando em Gestão de Negócios pela Universidad Nacional de Misiones Argentina, MBA pela Fae Business School, Pós-graduado em Gestão de Pessoas, Professor Universitário de Comércio Exterior.

exportacao@nativamoveis.com.br

Esta página é parte integrante do www.guiadelogistica.com.br  .