A sua empresa está preparada para competir na Internet?

Apesar de ter hoje em dia (março/2000) uma pequena parcela da população brasileira plugada na rede, já é muito significativo o número de empresas que está na era digital. Destas, um grande número possui  site. Por ouvir falar muito na mídia e não querer ficar para trás, muitas fizeram um site só para dizer que tem, pois não o utiliza de forma mais efetiva, como uma ferramenta de divulgação de seus produtos, serviços, filiais, distribuidores, representantes, esclarecedor de dúvidas (fale conosco), etc. Não conseguem perceber o potencial de negócios, que esta ferramenta poderá se transformar. Que seus horizontes poderão ser radicalmente ampliados pelo alcance conseguido.
As empresas concentravam muito mais esforços em fazer seus prospectos (portfólios) para divulgação da empresa e distribuição para o seu público-alvo pelo correio, em malas-diretas. Era um trabalho grande, que envolvia arte na confecção, fotolitos e gráfica para impressão, com um custo razoável e o constante problema de voltar muitas correspondências, pela mudança de endereço do destinatário ou por não ter sido encontrado. Tinha ainda o problema que era comum depois de estar tudo pronto, as mudanças. Era o número do telefone, fax, o endereço da empresa, se aumentava a gama de produtos comercializados, etc. Nestes casos se recorria ao velho carimbo para a correção ou inclusão.
Hoje este prospecto pode ser disponibilizado na Internet através de um site. Com a grande vantagem de se alterar ou incluir rapidamente qualquer informação ou dado. Seu alcance pode ser infinito, comparado com o universo que a pessoa tinha em mente anteriormente, ou seja, um possível cliente que ela não podia imaginar em sua mala direta pelo correio, pode ser seu cliente por uma simples navegação pela Internet.
Muitos alegavam não ter resultados satisfatórios com os seus sites, mas esqueciam que o grande problema da Internet é de ser um palheiro mundial. Realmente fica difícil encontrar, mesmo em sites genéricos de busca, pela abrangência que representa um nicho de mercado.
Graças aos portais específicos, o trabalho de pesquisa ficou mais fácil para os interessados em cada segmento se encontrarem. Com todos os assuntos pertinentes a área que lhes interessam, fica rápido e simples conhecer empresas, entrando em seus sites. Com eles forma-se uma nova geografia mundial sem fronteiras, pois cada nicho equivale a um país. O mundo fica pequeno com estas novas sociedades de interessados, que se formam com grande rotatividade, durante as 24 horas do dia.
É interessante receber em nosso site, visitantes de todos os estados brasileiros e de outros países. Quebram-se com isto barreiras e a tendência é de se difundir mais rapidamente as tecnologias, os conceitos, os know-hows, as idéias, enfim as novidades do setor.
As empresas que se divulgam em portais específicos, são facilmente encontradas pelos clientes no momento real da necessidade da contratação de seus serviços ou compra de seus produtos.
Hoje em dia já é comum para os consumidores de todo o mundo pesquisar, consultar, comparar e comprar através dos sites. Para isto, é necessário ter um site bem completo e dar todo o atendimento possível pela rede e de maneira ágil, pois quem consulta alguma informação quer rapidez na resposta. Um atendimento demorado, pode parecer uma amostra dos seus serviços. Fica uma imagem ruim na mente do cliente. Também é muito importante ter uma boa logística interna para entregar no menor prazo possível o produto/serviço ao cliente.
É bom você analisar :

março/2000

Marcos Valle Verlangieri
,
Diretor da Vitrine Serviços de Informações S/C Ltda.,
empresa que criou e mantém o www.guialog.com.br  

Esta página é parte integrante do www.guiadelogistica.com.br .