Equipe de projetos:
Equipe bem conduzida = Projeto bem sucedido

Um projeto, segundo definição do PMBOK (Project Management Body of Knowledge1), é "um empreendimento temporário, conduzido para criar um produto ou serviço único". Como empreendimento temporário, apresenta início, meio e fim, passando por vários processos até sua conclusão (também segundo o PMBOK), a saber:

  1. Processo de Iniciação;
  2. Processo de Planejamento;
  3. Processo de Execução;
  4. Processo de Controle e
  5. Processo de Encerramento.

Todas estas fases são conduzidas por você, Gerente de Projeto (a quem dedico este artigo), e sua competente equipe de projeto, tão bem selecionada entre todos os talentos disponíveis em sua organização. E, assim como o projeto, sua equipe também atravessará fases, algumas delas facilmente percebidas, até a conclusão do projeto. E cabe a você, caro gerente, conduzir sua equipe por todas as etapas, para que seu projeto não seja caracterizado pelas seguintes fases:2

  1. Entusiasmo;
  2. Desilusão;
  3. Pânico;
  4. Busca dos Culpados;
  5. Punição dos Inocentes;
  6. Honra e Glória aos não Participantes

Fases do desenvolvimento de uma equipe de projetos

Podemos identificar quatro principais estágios durante seu desenvolvimento:

  1. Formação: É uma fase de adaptação: os membros sentem-se inseguros quanto às suas funções no projeto, não há um nivelamento na dedicação e no comprometimento dos membros. É fundamental que o Gerente explique claramente a cada membro do time qual sua função, enfatizando a importância de todos para a conclusão do projeto. Esta atitude deve tornar-se uma cultura entre a equipe, havendo respeito mútuo entre todos os integrantes quanto às contribuições individuais para o projeto;
  2. Turbulência: Superada a fase inicial de formação, os membros tendem a competir entre si, impondo suas idéias perante à equipe e ao Gerente, visando obter uma melhor posição no projeto ou na empresa. É importante que o Gerente do projeto administre esta competição de egos, já que a manutenção do trabalho em equipe é fundamental para o sucesso do projeto. Por outro lado, esta é uma fase de grande criatividade que, bem administrada, pode ser positiva. Faça reuniões de avaliação e demonstre confiança na equipe. Desencoraje manobras políticas. Seja justo com todos e, em hipótese alguma, demonstre favoritismo por qualquer membro da equipe;
  3. Normalização: Nesta fase, os processos de trabalho consolidam-se. Os conflitos anteriores estabilizam-se, e o ambiente do projeto torna-se mais produtivo. As metas inicialmente determinadas passam a ser visualizadas. Desenvolva as habilidades individuais conforme as necessidades do projeto, mas mantenha a capacitação e o empenho coletivo;
  4. Desempenho: É o auge do desenvolvimento coletivo da equipe, onde os membros estão trabalhando unidos e de forma harmônica e eficiente. Seu objetivo é antecipar esta fase e maximizar seus resultados, focando a conclusão do projeto.

As quatro fases anteriores são comuns a todos os projetos, e dê-se por satisfeito se ocorrerem desta forma. Porém, existem mais duas fases que podem ocorrer, provocadas por eventos específicos:

Cabe ao Gerente do projeto conduzir sua equipe rumo aos resultados esperados pela organização. E lembre-se: o responsável pelos resultados será você, e esta responsabilidade não é transferível para sua equipe. Conduza-a com habilidade e alcance os resultados desejados. Aperfeiçoe suas habilidades gerenciais. E Boa Sorte!

agosto/2001

Marcos Eduardo Martins Scapim,
Coordenador de Projetos Logísticos
mscapim@hotmail.com.br    

Esta página é parte integrante do www.guiadelogistica.com.br .