Ultraleves podem ajudar na logística de vários negócios

A construção de aviões ultraleves teve início por volta de 1974 nos Estados Unidos, com o objetivo de manter em forma a baixo custo, todos os pilotos que não estavam exercendo a atividade, devido o alto custo de treinamento com horas de vôo.
Por causa dos baixos custos de investimento e da operação (manutenção, combustível, movimentação e espaço para armazenagem), foi sendo difundido em todos os meios e muitos viram a possibilidade de ser uma modalidade de esporte aéreo para lazer e outros americanos viram a vantagem de ajudar para a realização de outros negócios, como:

No Brasil, com a regulamentação das normas de segurança pelo Ministério da Aeronáutica, em julho de 1994, o ultraleve saiu da clandestinidade e passou a ganhar mais espaço.
Hoje existem mais modelos no mercado, mas as características dos menores são as seguintes:

Para completar a informação, existem também ultraleves mais potentes, que são classificados pelo DAC (Departamento de Aviação Civil), como "ultraleves avançados" ou de "aviões muito leves experimentais". Estes são classificados assim, por ter o peso vazio mais próximo e até o limite de 300 kg e peso máximo de decolagem igual ou inferior a 600 kg.
Abaixo algumas características do modelo Fascination, que se enquadra nesta categoria:

Em termos de custo, os ultraleves menores equivalem ao preço de um veículo médio. Com tantas vantagens aparentes, tornou-se também um instrumento a favor nas operações logísticas em vários países. Como exemplo, podemos citar o caso das usinas açucareiras, que tem grande quantidade de terras e equipes de corte de cana para serem fiscalizadas, monitoradas e assistidas durante os meses de colheita. Utilizando o ultraleve como apoio estratégico, um mecânico pode ser levado até um trator ou caminhão quebrado em pouco tempo, reduzindo assim as horas paradas do veículo e equipe. Fora uma série de outras vantagens operacionais. Até mesmo no rápido tratamento de um trabalhador picado por cobra.
Existe também um tipo de ultraleve chamado trick, que é uma asa-delta motorizada que vem equipada com rodas e/ou flutuadores e assentos de fibra de vidro.
Além do ultraleve, existe também o girocóptero que foi inventado na Espanha e trazido para o Brasil  na década de 70.
Ambos podem dar um grande suporte logístico diferenciado e econômico a vários negócios, realizando em pouco tempo, tarefas que levariam horas ou dias para serem realizadas de outra maneira ou meio.
Os profissionais de logística tem que estar atentos a tudo que possa agregar valor ao negócio de sua empresa.

fev/2001

Marcos Valle Verlangieri,
Diretor da Vitrine Serviços de Informações S/C Ltda.,
empresa que criou e mantém o www.guiadelogistica.com.br .

Esta página é parte integrante do www.guiadelogistica.com.br .